Plano de Responsabilidade Social: como fazer

Por: Pedro Ferreira - Março 10, 2022

Plano de Responsabilidade Social: como fazer

Um dos valores, entre vários, que as empresas têm (ou deverão ter) é a responsabilidade social. Este é um conceito que engloba as acções voluntárias de empresas que actuam em benefício do seu público, seja ele interno ou externo. Nos últimos anos, com um público consumidor que não observa mais apenas a qualidade e o preço, mas procura um envolvimento com marcas sérias e comprometidas com a sociedade, a questão da responsabilidade social voltou para a agenda de muitas empresas, independentemente da sua dimensão. Mas a questão que se coloca é: como é que as empresas podem ser socialmente responsáveis? Como é que eu, como empreendedor, posso colocar em prática um plano de responsabilidade social? Afinal, os valores precisam de sair de um mero conceito e serem vividos por todos. Nesse âmbito, vamos falar da responsabilidade social e sobre o porquê da importância em ter uma política de responsabilidade social.

O que é Responsabilidade Social?

A responsabilidade social significa que as empresas, para além de rentabilizarem o dinheiro para os accionistas, devem agir de forma a beneficiar a sociedade. Uma empresa com responsabilidade social visa o bem-estar de todos, tanto o dos colaboradores, quanto o das pessoas que consomem os seus produtos e/ou serviços, incluindo assima responsabilidade ética, garantindo práticas comerciais justas em todos os setores, responsabilidade filantrópica, retribuindo à comunidade e doando para causas relevantes, responsabilidade econômica que implica tomar decisões comerciais e financeiras sustentáveis e a responsabilidade ambiental, envolvendo-se em práticas ecologicamente corretas. e reduzindo sua pegada no meio ambiente.

Porque é que um plano de Responsabilidade Social é importante para as empresas?

Campanhas de responsabilidade social eficazes não apenas beneficiam as causas designadas, mas também as empresas envolvidas como um todo. Estudos indicam que as empresas com fortes programas de responsabilidade social têm melhor moral, maior eficiência, uma imagem pública mais forte e melhor lealdade dos funcionários. Outro factor tem que ver com o mercado e a forma de consumir que se tem estado a modificar a cada dia. Hoje há novos conceitos e o consumidor tem sido mais exigente com relação ao produto que consome e aos valores que o mesmo produto agrega. As pessoas estão mais preocupadas em adquirir produtos e serviços de empresas que se importam com os funcionários, que pagam o que é devido, que se preocupam com o meio ambiente e com a comunidade ao redor, ou seja, que causam impactos positivos dentro e fora da companhia. Quando uma organização mostra que tem compromisso com a comunidade interna e externa à sua empresa, as pessoas sentem-se mais seguras e confiantes para fazer negócios com ela.

Leia também: Petróleo e gás em Moçambique: oportunidades para empresas...

Como as empresas podem lançar iniciativas significativas no âmbito de um plano de Responsabilidade Social?

Estas são algumas ideias que o podem ajudar a criar um plano de responsabilidade social que o permita alcançar o impacto desejado:

1. Escolher uma causa que seja autêntica para a sua marca.

A primeira prioridade num plano de responsabilidade social deve ser encontrar uma iniciativa que vá de acordo com a missão e a visão da sua empresa. Ao escolher uma causa pela qual a empresa se comprometeu a longo prazo, a sua iniciativa terá mais significado e maior impacto.

2. Envolver os clientes.

Os clientes querem e esperam que as marcas se envolvam em questões sociais; adoptar políticas socialmente responsáveis ​​contribui muito para atrair e reter clientes, o que é essencial para o sucesso de uma empresa a longo prazo. Além disso, as pessoas normalmente pagarão de bom grado pelos bens, sabendo que parte dos lucros será canalizada para causas sociais.

3. Motivar os funcionários.

Não hesite em incentivar e promover a participação dos funcionários em iniciativas de caridade. Há uma ideia assente de que quando os funcionários participam de programas que são importantes para eles, o seu relacionamento com a empresa é fortalecido e eles se dedicam mais às suas próprias funções de trabalho.

4. Fazer parcerias com organizações de caridade.

É também importante estabelecer uma parceria com uma ou mais organizações sem fins lucrativos, se possível as de base comunitária. Essas parcerias permitem que a sua empresa aproveite os seus conhecimentos sobre as questões para criar mudanças reais e duradouras.

É importante também compreender que para uma melhor conexão com o seu público-alvo estas campanhas devem ser divulgadas (por meios tradicionais ou pelas redes sociais), o que pode ajudar a ampliar a sua mensagem.

Como ser uma empresa socialmente responsável na prática?

Muitos consumidores estão à espera de ver atitudes e comportamentos positivos das suas marcas preferidas e de poderem identificá-los no seu dia-a-dia. Aqui estão algumas formatos em voga, que pode aplicar também no plano de responsabilidade social da sua empresa.

1. Reduzir o impacto ambiental.

Essa é uma estratégia muito utilizada por diversas empresas. Optar por matérias-primas menos poluentes, catalogar e separar o lixo, reusar e reciclar, apoiar campanhas de limpeza, doar para organizações ambientais, são alguns exemplos a seguir.

2. Educar o público-alvo

Quem não precisa de educação financeira? Ou de educação nutricional? Ou de promoção da segurança rodoviária? Consoante a sua área de actuação, pode escolher um tema de impacto e dar dicas valiosas que possam agregar conhecimento aos seus consumidores.

3. Acções de voluntariado.

Que tal incentivar os funcionários a realizar trabalho voluntário? Uma dica prática é realizar visitas em casas de acolhimento de crianças e idosos. Apenas uma simples visita pode fazer um bem para as pessoas que vivem nesses locais.

4. Fazer doações para instituições sociais.

Existem diversas instituições que têm, como principal objectivo, promover uma vida melhor para as comunidades menos privilegiadas do nosso país. É importante ajudá-las a estabilizar-se financeiramente. Esse dinheiro será utilizado em diversos programas e projectos que levam boa alimentação, educação, saúde, água potável e outros itens básicos de sobrevivência para quem tem muito pouco.

Leia também: Concursos públicos em Moçambique: como concorrer?...

Como escolher a Instituição Social?

Fazer uma doação financeira para uma ONG é algo muito mais prático para todos na sua empresa e que ajuda muito a comunidade. A questão é: como escolher a instituição? Como escolher aquela que vai passar a garantia de aplicação do dinheiro exactamente para aquela finalidade? Aqui, o ideal é pesquisar o histórico dessa ONG. Quanto mais informações tiver sobre a instituição, melhor. Verifique também se ela disponibiliza uma auditoria de contas, se é possível obter uma certificação de que a doação foi realmente para onde deveria ir, entre vários outros factores que devem ser levados em consideração.

A adopção de práticas de resposabilidade social aumenta a retenção e a fidelidade do cliente, aumenta o envolvimento dos funcionários, melhora a imagem da marca, atrai oportunidades de investimento e os melhores talentos e faz a diferença nos resultados financeiros. No entanto, é importante frisar que a responsabilidade social deve ser algo verdadeiro e voluntário. As marcas devem transmitir ao público a sua real vontade em contribuir para a sociedade.

Leia também: Organizações Não Governamentais em Moçambique...

Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email

Artigos relacionados

Siga-nos nas redes sociais

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
hello world!
0
Would love your thoughts, please comment.x
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram