Plano de negócios: o que é e como fazer?

Por: Pedro Ferreira - Agosto 18, 2022

Plano de negócios: o que é e como fazer?

Caso uma pessoa tenha um problema de vista, é muito provável que os óculos o ajudem a ter uma melhor visão e, por conseguinte, uma melhor qualidade de vida e consequentemente possa trabalhar por mais tempo. O mesmo se aplica a um motorista com dificuldades visuais, os óculos podem prolongar a sua vida e as outras pessoas na estrada estarão também mais seguras . Se for um empreendedor, os seus funcionários serão mais produtivos se puderem ter uma noção da missão e dos valores da empresa e tiverem a certeza de onde vão e quais os procedimentos a tomar em cada uma das etapas rumo ao crescimento. Mas para que tal aconteça é preciso que o empresário disponha dos seus óculos, isto é, da ferramenta que o ajude a melhorar a sua visão de negócios e melhor o oriente: o plano de negócios. Mas o que é esta ferramenta e como fazer?

O que é um plano de negócios?

Um plano de negócios é um documento que define em detalhe os objectivos de uma empresa e como ela planeia atingir as suas metas. É esse plano que estabelece um roteiro escrito para a empresa seguir no que concerne à sua vida financeira e operacional. Mas mais do que isso, um plano de negócios é usado para atrair investimentos antes que uma empresa tenha estabelecido um histórico comprovado. Sem contar que também pode servir para manter a equipa executiva de uma empresa em sintonia no concerne às acções estratégicas para o cumprimento das metas estabelecidas.

Uma das principais razões para que se saiba como fazer e dar corpo a um plano de negócios é a de permitir aos proprietários terem uma visão clara dos objectivos, metas, recursos, custos potenciais e vantagens e desvantagens de certas decisões de negócios, antes e depois de as implementar. Também permite que os proprietários projectem o tipo de financiamento necessário para colocar os seus negócios em funcionamento. É por isso, sobretudo, que um plano de negócios não deve ser um documento estático. À medida que o negócio cresce e muda, o mesmo deve acontecer com o plano de negócios, permitindo dessa forma uma oportunidade de avaliar a capacidade do plano e de ajudar a empresa a crescer.

Porque se deve criar um plano de negócios?

Há benefícios em criar um bom plano de negócios. Isso inclui ser capaz de pensar em ideias antes de investir muito dinheiro nelas e de prever possíveis obstáculos a ultrapassar de forma a atingir o sucesso. Um bom plano de negócios deve delinear todos os custos projectados e possíveis armadilhas de cada decisão que uma empresa toma.

Como fazer um plano de negócios?

Um plano de negócios bem pensado e bem escrito pode ser de enorme valia para uma empresa. Ele deve incluir uma visão geral e, se possível, detalhes do sector do qual o negócio fará parte e deve explicar como o negócio se distinguirá de seus concorrentes. Um deve ser formulado de maneira clara e compreensível para que os leigos também possam entender a ideia principal. Há que ter bastante cuidado com a linguagem para que seja uniforme e muito bem revista.

Como estruturar?

Apesar de não existirem regras obrigatórias para a sua estrutura, é importante que o plano de negócios tenha uma estrutura clara. Isso, entretanto, não significa que ao escrever um plano de negócios seja necessário seguir estritamente um esboço ou modelo de plano de negócios específico. Use apenas as secções que fazem mais sentido para as especificidades do seu negócio e as suas necessidades. Sendo assim, podemos sugerir as seguintes secções:

Ideia, oferta e grupo-alvo

A parte inicial do texto do plano começa com um capítulo no qual o projecto de negócios é explicado com mais detalhes. Que problema a sua ideia resolve e como? Neste campo deve descrever o seu produto e a sua oferta, formulados da maneira mais concreta ou exacta possível e adaptados ao seu grupo-alvo, destacando os aspectos inovadores. Se houver algum aspecto especialmente interessante do negócio, ele deve ser destacado e usado para realçar a atratividade do negócio .

Análise de mercado e concorrência

Qual é o tamanho do seu mercado? Quais são os seus concorrentes? O que pode ser difícil quando inicia no mercado? O que o seu negócio acrescenta no mercado? Uma parte significativa do plano de negócios lida com a análise do mercado e da concorrência. Conhecer a indústria e o mercado é extremamente importante. Uma análise de mercado adequada mostra com factos e números sólidos se o negócio planeado pode ou não ser bem sucedido.

Visão e objetivos

O seu negócio ainda é mais uma ideia do que qualquer outra coisa, então deve dedicar muito esforço e tempo para delinear uma visão clara, assim como os seus objetivos. Para onde deve ir em termos de modelo de negócio, como o seu negócio deve se desenvolver e em que prazo quer se estabelecer no mercado.

Não há plano de negócios sem marketing

Nenhuma empresa funciona sem um marketing apropriado. Delimite os canais que irá usar e inclusive as parcerias para se estabelecer no mercado.. Identifique a estratégia a usar para se posicionar no mercado. Como convencer os seus clientes? Quais medidas garantirão o crescimento?

Equipa fundadora e organização

Como está organizado, quais estruturas quer construir, quem já está lá, quem deve ser adicionado. Nesta secção apresenta-se toda a equipa e o organograma. A personalidade do fundador é essencial para o sucesso. Para além da motivação, este capítulo deve conter também as competências técnicas e empresariais que os fundadores trazem consigo.

Plano financeiro

Saber o que é como fazer um plano de negócios passa necessáriamente por um planeamento financeiro sério, como base e fundação. É importante demonstrar os meios financeiros disponíveis e quanto capital é necessário. Além disso, todos os custos são listados assim como uma previsão de liquidez. Deve-se prestar atenção especial ao plano de rentabilidade e ao plano de investimentos. Um plano completo também deve incluir um conjunto de projecções financeiras para o negócio que transmitam uma ideia clara de como a empresa atingirá a rentabilidade desejada.

Análise de pontos fortes e fracos

Procura mostrar de forma honesta os seus pontos fortes, mas também os pontos fracos, formulando as oportunidades e riscos e mostrando como deseja controlar os pontos fracos. Um bom empreendedor deve estar ciente das oportunidades, mas também dos riscos. Por isso, nesta fase do plano de negócios é importante fazer uma avaliação realista das hipóteses de sucesso.

Sumário executivo

O sumário executivo resume todo o conteúdo essencial do plano de negócios, ele deve ser escrito no fim do plano de negócios, mas é depois colocado no início do plano de negócios. Com aproximadamente uma ou duas páginas, dá ao leitor uma visão geral do projecto inicial.

Lembre-se que os mercados e a economia também podem mudar e que sem imprimir flexibilidade ao seu plano de negócios, pode não conseguir mudar para um novo curso que garanta o sucesso do seu empreendimento. É necessário compreender que mesmo que se tenha um bom plano de negócios, uma empresa ainda pode falir, no entanto uma liderança forte com foco no plano é sempre uma boa estratégia.

Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email

Artigos relacionados

Siga-nos nas redes sociais

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
hello world!
0
Would love your thoughts, please comment.x
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram